A Zécarlos também trabalha com as marcas:

Entenda o efeito de arco em paredes de alvenaria

Postado em: 18 ago 2016 | Por: | 0 comentário | 305 visitas
arco

Engenheiro esclarece importantes efeitos que devem ser considerados nos cálculos de edificações em alvenaria estrutural

José Luiz Pereira
Engenheiro civil formado pela Escola Politécnica da USP (1960) Diretor da JLP Engenharia e Projetos e autor do livro ‘Alvenaria Estrutural: Cálculo, Detalhamento e Comportamento’ (Editora PINI, 2016)

Figura 2.a – Pilar em bloco (CA) com duas estacas (projeto do autor)

Introdução
Vamos abordar assuntos referentes a projetos de alvenaria estrutural (AE) que podem ser estranhos aos engenheiros calculistas acostumados aos projetos de concreto armado (CA), principalmente quando consideram as alvenarias de vedação como não colaborantes. Tais alvenarias, apesar de não serem executadas com intuito de funcionar estruturalmente, acabam preenchendo os vãos entre vigas e pilares das estruturas e, mesmo quando têm alguma abertura, possuem relativa rigidez, geralmente o suficiente para travar os nós e impedir os movimentos das linhas elásticas das barras reticulares, alterando assim suas deformações, mudando radicalmente a conceituação teórica e em alguns casos provocando efeitos colaterais que tendo sido desprezados precisam ser reconsiderados.

A concepção dos projetos em alvenaria estrutural, em princípio, permite a utilização de elementos reticulares, vigas, pilares, tirantes, também em alvenaria estrutural, prescindindo de elementos de concreto armado. Todavia, quando necessário, podemos misturá-los, passando a trabalhar com painéis (paredes) individuais ou conjunto de painéis ortogonais, todos confinados entre lajes de piso e de cobertura de modo a formar conjuntos tridimensionais mais rígidos. Tal diferença de comportamento modifica e muito a rotina do projetista, que precisa se acostumar a diferenciar o modus operandi dos cálculos. De posse da comparação entre os dois conceitos os calculistas poderão sentir a interação entre eles e perceber melhor o que abordamos no início do parágrafo. Isto é o que nos propomos explicar.

Tags:,

Deixe uma resposta

Desenvolvido por Angelo Márcio O. Araújo para se adaptar a todos dispositivos móveis (responsivo), Todos os direitos reservados

Av. Pres. Getúlio Vargas, 4145
Centro Teixeira de Freitas - BA
Fone: (73)3013-5353 / 3013-5454 / 3263-8353

Contato:

  • Financiamento

  • Aceitamos todos os cartões

Desenvolvido por Angelo Márcio O. Araújo para se adaptar a todos dispositivos móveis (responsivo)
Todos os direitos reservados ©